Incêndio em depósito na Rússia deixa 8 bombeiros mortos

Fogo atingiu depósito onde plásticos estavam armazenados.
Incêndio teve início nesta madrugada, sendo controlado horas depois.

Incêndio em depósito na Rússia deixou 8 bombeiros mortos (Foto: Russian Emergency Ministry press service/AP)

Incêndio em depósito na Rússia deixou 8 bombeiros mortos (Foto: Russian Emergency Ministry press service/AP)

Oito bombeiros morreram nesta sexta-feira (23) enquanto tentavam controlar um incêndio em um depósito onde plásticos estavam armazenados no leste de Moscou, segundo dados divulgados pelo Comitê de Instrução (CI) da Rússia.

O incêndio teve início nesta madrugada, sendo controlado horas depois.

Uma vez controlado, os bombeiros acharam os corpos de oito de seus companheiros, disse à agência “Interfax”, a porta-voz do CI, Yulia Ivanova.

“A investigação examina várias possíveis causas do incêndio”, afirmou Yulia, revelando que foi aberto um processo criminal por suposta violação das normas de segurança.

As estatísticas oficiais mostram que mais de 10 mil pessoas morrem anualmente na Rússia por conta dos incêndios.

Segundo o Ministério para Situações de Emergência da Rússia, a imprudência e o abuso do álcool são as principais causas destes acidentes.

Fonte: G1 Globo

Publicado em Blog SCI, Corpo de Bombeiros, fogo, incêndio, Incêndios em Depósitos, Rússia | Marcado com , , , , , , | Deixe um comentário

Incêndio destrói loja de móveis e eletrodomésticos em Candeias, RO

Fogo teve início no meio da tarde e consumiu toda a estrutura da loja.
Causa do incêndio ainda é desconhecida, segundo a Polícia Militar.

Fogo destruiu loja de eletrodoméstico na região de Candeias do Jamari (Foto: Élvio Rabelo/Arquivo pessoal)

Fogo destruiu loja de eletrodoméstico na região de Candeias do Jamari (Foto: Élvio Rabelo/Arquivo pessoal)

Um  incêndio, ainda de causas desconhecidas, destruiu a filial de uma loja de móveis e eletrodomésticos na tarde desta quarta-feira (21), em Candeias do Jamari (RO), município localizado a 20 quilômetros de Porto Velho. Conforme os Bombeiros, o fogo teve início por volta das 15h40 e se expandiu rapidamente, destruindo todos os produtos que estavam no estoque. Não houve vítimas.

Fogo se propagou rapidamente e consumiu todo o estoque da loja (Foto: Élvio Rabelo/ Arquivo pessoal)

Fogo se propagou rapidamente e consumiu todo
o estoque da loja (Foto: Élvio Rabelo/
Arquivo pessoal)

Por telefone, um policial militar de Candeias informou ao G1 que o Corpo de Bombeiros agiu rapidamente, impedindo que o incêndio ganhasse maiores proporções e atingisse outros prédios. Segundo ele, devido à presença de materiais inflamáveis, o fogo demorou a ser controlado.

A loja fica localizada na Rua Laércio Nobre, no bairro Satélite, a poucos metros do quartel da PM.

Segundo o militar, a causa do incêndio é desconhecida e apenas o lauto da perícia, que deve ser emitido em até três dias, deve afirmar o que deu início às chamas. Conforme registrado em boletim de ocorrência, a loja tem seguro.

Rumores de roubos de produtos por moradores da região, durante o incêndio, não foram confirmados pela polícia. “É improvável que alguém tenha se arriscado ao ponto de entrar na loja em chamas para roubar”, afirmou o soldado que não quis se identificar. A Polícia Civil investiga o caso.

Fonte: G1 Globo

Publicado em Blog SCI, Corpo de Bombeiros, fogo, incêndio, Incêndios em Lojas, [Incêndios em RO] | Marcado com , , , , , , , | Deixe um comentário

Convite: Ensaio Técnico – Ao vivo

A importância da Proteção Passiva em Estruturas de Concreto

convite_2

 

Publicado em Blog SCI, Corpo de Bombeiros, fogo, incêndio, [Incêndios em GO] | Marcado com , , , , | Deixe um comentário

Incêndio atinge fábrica de calçados em Guaiúba, na Grande Fortaleza

Fogo levou dez horas para ser controlado, segundo Corpo de Bombeiros.
Danos foram apenas materiais. Ninguém ficou ferido.

190916_1

Um  incêndio de grandes proporções atingiu, neste domingo (18), uma fábrica de calçados, em Guaiúba, na Região Metropolitana de Fortaleza. Ninguém ficou ferido.

No galpão, além de sandálias, havia também máquinas e muito plástico. Como se tratavam de materiais inflamáveis, o fogo se espalhou rapidamente, com risco de atingir casas vizinhas.

Pelas imagens, é possível ver, de longe, a coluna de fumaça. Quatro viaturas foram acionadas: três caminhões e um carro pipa.

Ainda de acordo com o Corpo de Bombeiros, o fogo levou 10 horas para ser controlado. Os danos foram apenas materiais.

Fonte: G1 Globo

Publicado em Blog SCI, Corpo de Bombeiros, fogo, incêndio, Incêndios em Fábricas, [Incêndios no CE] | Marcado com , , , , , , , | Deixe um comentário

Incêndio destrói depósito de loja de departamentos, em Manaus

Chamas tiveram início no 2º andar, na noite desta quinta-feira (15).
Casa situada no 3º piso da loja também foi destruída pelas chamas.

Incêndio atingiu loja no início da noite desta quinta-feira (15) (Foto: Indiara Bessa/G1 AM)

Incêndio atingiu loja no início da noite desta quinta-feira (15) (Foto: Indiara Bessa/G1 AM)

Um incêndio de grandes proporções atingiu uma loja de eletrodomésticos no bairro Cidade de Deus, Zona Norte de Manaus, nesta quinta-feira (15). De acordo com o Corpo de Bombeiros, as chamas destruíram o segundo e o terceiro piso do estabelecimento.

A loja fica localizada na Rua Flamengo. Por volta de 18h, populares notaram as chamas e acionaram os bombeiros. Segundo informações repassadas pela corporação, o fogo destruiu todo o terceiro andar da loja, que seria uma residência.

O segundo piso do estabelecimento, onde funcionava o depósito dos produtos, também foi destruído pelo fogo, enquanto o primeiro andar da loja não chegou a ser atingido.

Seis carros do Corpo de Bombeiros foram acionados para conter as chamas no local. A Polícia Militar também foi chamada para fazer o isolamento da área.

Por volta das 20h, ainda havia fogo no imóvel. Entretanto, os bombeiros afirmaram não haver mais riscos para estabelecimentos e casas situadas no entorno. Não houve vítimas.

Fonte: G1 Globo

Publicado em Blog SCI, Corpo de Bombeiros, fogo, incêndio, Incêndios em Lojas, Manaus, [Incêndios no AM] | Marcado com , , , , , , | Deixe um comentário

Sobe para 33 número de mortos em incêndio em fábrica de Bangladesh

Há ainda 11 desaparecidos nos escombros da empresa.
Incêndio atingiu fábrica da Tampaco Foils Limited no sábado.

Incêndio atingiu fábrica da Tampaco Foils Limited no sábado (Foto: A.M. Ahad/AP)

Incêndio atingiu fábrica da Tampaco Foils Limited no sábado (Foto: A.M. Ahad/AP)

O número de vítimas do incêndio em uma fábrica de embalagens em Bangladesh aumentou para 33 nesta segunda-feira (12), enquanto continuam as buscas por 11 desaparecidos nos escombros da empresa, cujos donos foram denunciados pela família de um dos funcionários.

“Hoje, recuperamos quatro corpos”, disse em entrevista coletiva o tenente-coronel do Exército Muhammad Rashid Hasan.

Os militares se uniram aos bombeiros nas operações de busca. O incêndio começou no último sábado na empresa, que fica em Tongi e que caiu parcialmente como consequência das chamas.

Hassan indicou que os trabalhos de busca continuam com cautela porque “a fábrica empregava diferentes produtos químicos para produzir papel alumínio”, entre eles 25 toneladas de acetato de etila, que é altamente inflamável. Segundo ele, a operação pode durar vários dias e é necessário esperar que a investigação seja finalizada para determinar as causas do incêndio.

Uma funcionária da Administração do distrito confirmou à Agência Efe que 11 pessoas ainda estão desaparecidas e acredita-se que possam estar entre os escombros.

O pai de um dos falecidos denunciou o dono da fábrica, Syed Mokbul Hussain, e outras sete pessoas por assassinato, informou à Efe Shunahor Ali, oficial da polícia distrital.

“Estamos tentando prender os acusados”, entre eles a esposa do proprietário, indicou Ali.

O incêndio da fábrica da Tampaco Foils Limited, situada 25 quilômetros ao norte de Daca, aconteceu às 6h do sábado (horário local) quando 75 trabalhadores estavam no local.

A primeira hipótese é de que o incêndio tenha sido provocado pela explosão de uma caldeira, mas uma fonte do Ministério de Indústria indicou à Efe que não está claro que tenha sido essa a causa e nenhuma hipótese é descartada.

Este acidente é o pior no país desde o desastre em 2013 no complexo têxtil The Rana Plaza, em Daca, que causou a morte de 1.100 trabalhadores e deixou 2.500 feridos.

Fonte: G1 Globo

Publicado em Bangladesh, Blog SCI, Corpo de Bombeiros, fogo, incêndio, Incêndios em Fábricas | Marcado com , , , , , , | Deixe um comentário

Incêndio destrói bar em avenida movimentada da Zona Norte do Recife

Dono do bar conta que fogo começou por volta das 7h deste domingo (11).
Estabelecimento funcionava há cerca de 15 anos na Avenida Norte.

Bar O Chalé, localizado na Avenida Norte, no Recife, foi destruido pelo fogo neste domingo (11) (Foto: Danielle Fonseca/TV Globo)

Bar O Chalé, localizado na Avenida Norte, no Recife, foi destruido pelo fogo neste domingo (11) (Foto: Danielle Fonseca/TV Globo)

Um  incêndio de médias proporções atingiu o bar ‘O Chalé’, localizado na Avenida Norte, no Recife, na manhã deste domingo (11). Móveis, geladeira, fogão e utensílios do estabelecimento foram destruídos pelas chamas, que já foram apagadas pelo Corpo de Bombeiros. O bar funcionava no local há aproximadamente 15 anos.

Dono do estabelecimento, o comerciante Dony Almeida contou que fechou o bar por volta das 2h30, quando faltou energia elétrica. Ele mora na parte de baixo do local. Os vizinhos tentaram ajudar a pagar as chamas, que começaram por volta das 7h30. “O fogo começou mais ou menos na mesma hora que voltou a luz”, explica o comerciante.

Os bombeiros disseram que o incêndio foi controlado em 40 minutos. Foram usados 5 mil litros de água. “Foi um incêndio de média proporção por causa dos materiais inflamáveis do local. Não sabemos o que causou o fogo. Só a perícia dirá”, aponta a capitã do Corpo de Bombeiros, Karla Almeida.

O telhado do estabelecimento ficou destruído. Após as chamas serem apagadas, era possível ver os restos dos móveis queimados. O dono do bar informou que o estabelecimento tinha seguro. Ninguém se feriu na ocorrência, que teve apenas danos materiais.

Fonte: G1 Globo

Publicado em Blog SCI, Corpo de Bombeiros, fogo, incêndio, Incêndios em Bares, [Incêndios no PE] | Marcado com , , , , , , | Deixe um comentário

Incêndio destrói bar de área comercial em Sena Madureira

Fogo começou na tarde desta quarta (7) e atingiu toda estrutura do local.
Parte de comércio vizinho ao bar também foi atingido pelas chamas.

Incêndio destruiu bar na área central de Sena Madureira (Foto: Divulgação/Corpo de Bombeiros)

Incêndio destruiu bar na área central de Sena
Madureira (Foto: Divulgação/Corpo de Bombeiros)

Um incêndio de grandes proporções destruiu um bar, na tarde desta quarta-feira (7), no Centro do município de Sena Madureira, distante 145 quilômetros de Rio Branco.

As causas do fogo ainda são desconhecidas, e, segundo tenente José Célio Lima, comandante dos Bombeiros na cidade, uma perícia só deve ser realizada, caso o proprietário do estabelecimento solicite.

Lima afirma que não há indícios de que o incêndio tenha sido criminoso, já que os bombeiros não encontraram vestígios, como galões de gasolina.

A equipe, de ao menos cinco bombeiros e duas viaturas, levou mais de duas horas para conter as chamas. Não houve feridos.

“O local é uma edificação mista de dois andares, sendo uma parte de alvenaria e outra de madeira. Na parte de cima funcionava um bar. A guarnição chegou rapidamente e conseguiu conter o fogo antes de atingir os comércios do lado. Mas, mesmo assim, ainda pegou um pouco no forro do comércio do lado. Tinha bastante gente na hora do incêndio, porém ninguém ficou ferido”, contou o tenente.

Fonte: G1 Globo

Publicado em Blog SCI, Corpo de Bombeiros, fogo, incêndio, Incêndios em Bares, [Incêndios no AC] | Marcado com , , , , , , | Deixe um comentário

Incêndio destrói loja em Cachoeiro de Itapemirim, ES

Bombeiros demoraram três horas para controlar as chamas.
O dono da loja ainda não calculou o prejuízo.

080916_1

Um incêndio destruiu totalmente uma loja de utensílios domésticos na madrugada desta quarta-feira (7), no bairro Guandu, em Cachoeiro de Itapemirim, Sul do Espírito Santo. Os bombeiros demoraram três horas para controlar as chamas, que estavam em grandes proporções. O dono da loja ainda não calculou o prejuízo.

As chamas começaram por volta das 2h e eram tão altas que chegavam ao topo do prédio vizinho, que tem três andares. Os moradores dos 12 apartamento precisaram sair do prédio durante os trabalhos.

“Para a gente fazer o combate inicial e acabar com todos os focos, demoramos cerca de três horas. Depois, nós demos um tempo e fizemos o trabalho de rescaldo, com a extinção de possíveis focos e de outros que foram surgindo devido ao calor da estrutura. Quando mexíamos nos entulhos, entrava oxigênio e surgiam novos focos”, explicou o sargento Solimar Barbosa.

A maioria dos produtos vendidos na loja era feita de plástico, o que contribuiu para a propagação das chamas. “Pelo material ser combustível, o incêndio se espalhou muito rápido. Muito plástico e muito papel”, contou o tenente Francisco.

O trânsito na rua foi fechado durante a madrugada para a ação dos bombeiros. Eles precisaram usar o hidrante que fica do outro lado da rua. Durante a manhã, a via foi liberada.

A loja fica em um dos pontos comerciais mais movimentados do município. “Eu fiquei com medo de pegar fogo no hortifruti, no prédio, mas correu tudo bem. Ficou tudo sob controle”, falou o administrador de imóveis Paulo Emery.

O proprietário estava muito abalado e contou que a loja estava nesse ponto há cerca de três anos e que não estava passando por nenhum tipo de obras. Ele ainda não calculou os prejuízos.

Segundo o Corpo de Bombeiros, o incêndio não causou danos aos imóveis vizinhos. “A maior parte das pessoas já retornou para casa. Nós aconselhamos que elas ventilassem bem as casas ao entrarem, por causa da fumaça. Não foi constatado nenhum risco eminente”, disse o tenente Francisco.

A perícia, que vai apontar as causas do incêndio, já foi acionada. Ainda não há prazo para a divulgação dos resultados.

Fonte: G1 Globo

Publicado em Blog SCI, Corpo de Bombeiros, fogo, incêndio, Incêndios em Lojas, [Incêndios no ES] | Marcado com , , , , , , | Deixe um comentário

Combate ao fogo

Seminário internacional organizado pelo IPT reflete a importância da proteção passiva a incêndios

O Instituto de Pesquisas Tecnológicas (IPT) organizou nesta quarta-feira, 30 de agosto, um seminário com a presença de profissionais de empresas e delegações de vários países, para debater medidas de proteção passiva contra incêndios, utilizando elementos de resistência ao fogo.

São, em suma, ferramentas que permitem que, em casos de acidentes, o fogo possa ser retardado ou compartimentado enquanto as pessoas que estiverem próximas às chamas sejam retiradas. Portas corta-fogo e saídas estratégicas de emergência são alguns dos exemplos de sistemas passivos de proteção.

IPT recepciona delegações internacionais em seminário sobre incêndio

IPT recepciona delegações internacionais em seminário sobre incêndio

Delegações da Suíça, da Alemanha, da França, da Costa Rica e de outros países estiveram no evento. Entre os palestrantes, Peter Fisher, representante da Saint Gobain, uma das empresas globais mais antigas do ramo da construção e arquitetura; Miguel Sepulveda Bustamante, representante da empresa belga Etex, também uma das maiores do mundo na área; e Günther Beck, diretor presidente da alemã Audax.

O ‘Seminário Internacional de Proteção Passiva contra Incêndio’ teve sessão de abertura feita pelo pesquisador Antônio Fernando Berto, do Laboratório de Segurança ao Fogo e a Explosões (LSFEx) do IPT. Berto salientou que o instituto trabalha com este tipo de sistema há cerca de 40 anos, quando a área que hoje coordena foi inaugurada. Para ele, o encontro foi importante no sentido de refletir a necessidade de discutir o tema da proteção passiva no país.

“A base da segurança contra incêndio corresponde à proteção passiva, porque são questões ligadas diretamente ao edifício. É uma área que merece atenção e que precisa avançar muito no Brasil. Esse seminário é um reflexo dessa necessidade, além, é claro, de incentivar de alguma maneira o seu crescimento no nosso país”, explicou Berto, que também falou ao público sobre a regulamentação de proteção passiva de incêndios no Brasil.

Para Sepulveda, da Etex Group, a América Latina precisa compreender que as proteções ativa e passiva contra incêndios precisam ser desenvolvidas juntas. “O desenvolvimento de proteção a incêndios no continente é pobre. Quando projetamos edifícios, nos preocupamos apenas com a proteção ativa, esquecendo-se da importância da passiva. Isso é um erro, assim como se a passiva fosse preponderante à ativa. A proteção a incêndios deve reunir as duas esferas que estamos falando aqui”, disse.

“Houve um caso brasileiro que mostrou bem o que estou dizendo: a boate Kiss (no Rio Grande do Sul, em 2013). Aquela situação só aconteceu porque não foi considerada a proteção ativa, nem a passiva. Isso reflete a importância de estarmos discutindo esse tema no IPT”, concluiu ele.

“É muito importante reunir pessoas para discutir um tema dessa relevância. Eu pude aprender muito neste encontro e perceber um grande progresso nas especificações de proteção a incêndio no Brasil”, afirmou Günther Keck, diretor da empresa alemã de engenharia industrial Audax.

Para Fisher, da Saint Gobain, que falou sobre a proteção contra incêndios com o uso de vidros na Europa, o encontro que o IPT organizou é fundamental para a circulação de experiências. “Você vem aqui e ouve coisas que estão sendo feitas em outros locais, além de colaborar com o que está sendo feito no seu país. Isso é um ciclo de desenvolvimento”, afirmou.

Além deles, o evento ainda contou com palestras de Carlos Roberto Metzker (IPT), cuja palestra foi intitulada “Proposta de classificação geral da resistência ao fogo de elementos e componentes construtivos como base para o aprimoramento dos métodos de ensaio normalizados empregados no Brasil”; Marcos Valentin (Vargas Valentin) e da professora do Departamento de Tecnologia da Arquitetura da Faculdade de Arquitetura da USP (FAU), Rosária Ono.

Fonte: ipt.br

Publicado em Blog SCI, Corpo de Bombeiros, fogo, incêndio | Marcado com , , , , | 2 Comentários