Ir para conteúdo

Incêndio destrói galpão usado para recapagem de pneus em Ariquemes

Chamas de grandes proporções comprometeram as estruturas do prédio.
Bombeiros conseguiram conter o incêndio após quase duas horas de trabalho.

Suspeita é que o fogo tenha iniciado após uma faísca de fogo atingir um exaustor de ar (Foto: Reprodução/WhatsApp)
Suspeita é que o fogo tenha iniciado após uma faísca de fogo atingir um exaustor de ar (Foto: Reprodução/WhatsApp)

Um incêndio de grandes proporções destruiu na tarde da última segunda-feira (20) um galpão de uma empresa de recapagem de pneus localizado entre a Rua Dourados e Curimatá, Setor Áreas Especiais, em Ariquemes (RO), na região do Vale do Jamari. De acordo com o Corpo de Bombeiros, as causas do incêndio ainda serão investigadas, mas a suspeita é que o fogo tenha iniciado após uma faísca de fogo atingir um exaustor de ar.

Funcionários acionaram os bombeiros, Polícia Militar (PM) e a Guarda Municipal após perceberem o início das chamas. Ao chegarem ao local, os policiais se depararam com cerca de 30 trabalhadores tentado retirar galões de combustível do interior do galpão. Mas devido à agilidade que o fogo se alastrou pelos pneus, não conseguiram retirar todo o combustível do prédio.

Ninguém se feriu com gravidade no local (Foto: William Andrade/Rede amazônica)
Ninguém se feriu com gravidade no local (Foto: William Andrade/Rede amazônica)

Com o auxilio de um caminhão tanque do Corpo de Bombeiros e um caminhão-pipa de uma empresa, os bombeiros conseguiram resfriar a estrutura do prédio para evitar que as chamas atingissem os prédios vizinhos e conter as chamas na localidade após aproximadamente duas horas de trabalho. Policiais que ajudaram os funcionários a saírem da empresa sofreram algumas queimaduras leves e receberam atendimento. Ninguém se feriu com gravidade no local.

Segundo os bombeiros, parte das paredes da empresa sofreram rachaduras com o incêndio e correm o risco de desmoronamento. A perícia técnica deve constatar as causa do incêndio, mas a suspeita é de que uma faísca de fogo tenha se propagado nos pneus com após ter atingido um exaustor de ar.

Fonte: G1 Globo

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: