Ir para conteúdo

Incêndio em prédio deixa mortos em Paris; moradora é suspeita

Dez pessoas morreram e 37 ficaram feridas no incêndio que teria sido provocado propositalmente. Moradora do edifício, que já teve problemas psiquiátricos, foi detida.

Prédio residencial é destruído por chamas em Paris, na França, nesta terça-feira (5) — Foto: B. Moser / Brigada dos Sapeurs-Pompiers de Paris/ via Reuters

Dez pessoas morreram e 37 ficaram feridas em um incêndio, aparentemente intencional, em um prédio de Paris, na França, na madrugada desta terça-feira (5), de acordo com o jornal “Le Monde”. Uma mulher de 40 anos, moradora do edifício, foi detida por suspeita de ter dado início às chamas por causa de um briga com um vizinho.

No início desta manhã, cerca de 200 bombeiros trabalhavam para controlar o fogo, que começou por volta de 1h no horário local (22h em Brasília) e se alastrou rapidamente.

Moradores foram para o teto

Desesperados, muitos moradores se refugiaram no teto do imóvel, que fica na Rua Erlanger, e gritaram por socorro. A emissora “BFMTV” informou que cerca de 50 pessoas foram resgatadas. Três pessoas morreram ao se atirar das janelas para fugir das chamas.

Por precaução, edifícios próximos foram esvaziados e várias ruas nas redondezas foram bloqueadas. O incêndio só foi contido cinco horas após o início dos trabalhos dos bombeiros.

Bombeiros tentam combater as chamas que atingem prédio em Paris, na França, nesta terça-feira (5) — Foto: Benoît Moser / Brigada dos Sapeurs-Pompiers de Paris/ via Reuters

Briga de vizinhos

A suspeita, identificada pela imprensa francesa como Essia B., foi detida na rua, após dar início ao incêndio no imóvel, enquanto tentava atear fogo ainda em uma lixeira e em um carro.

Alcoolizada, ela explicou aos policiais que havia brigado com o vizinho Quentin, um bombeiro de 22 anos, que mora no edifício há apenas 3 meses.

Quentin contou que, na noite de segunda-feira (4), a música alta que vinha do apartamento da vizinha estava impedindo a namorada e ele de dormir. O casal tentou conversar com ela e convencê-la a baixar o som mas, sem resultado, chamou a polícia.

Os namorados deixaram o prédio por recomendação dos policiais. Mais tarde, quando retornaram e se depararam com a vizinha nas escadas.

O bombeiro disse que mulher ainda tentou quebrar uma janela, derrubar sua porta e que teria colocado pedaços de madeira e papel na entrada do seu apartamento. “Ela me desejou boa sorte, lembrando que eu sou bombeiro e que eu deveria adorar o fogo”, contou, de acordo com a Rádio França Internacional (RFI).

Quentin conseguiu salvar a namorada das chamas, acionar os bombeiros e a polícia. O rapaz diz ter retirado várias pessoas do edifício. Em entrevista ao jornal “Le Parisien”, ele afirmou que não sabia que a mulher tinha problemas psiquiátricos. “Sou bombeiro e nunca vivi um drama como esse”, afirmou.

O procurador de Paris, Rémy Heitz, informou que a mulher detida já teve problemas psiquiátricos. Segundo ele, foi aberta uma investigação por “destruição voluntária por incêndio com consequências fatais”.

O edifício de oito andares fica no movimentado 16º distrito da capital francesa. O prédio construído nos anos 1970 fica perto do bosque de Boulogne, do clube de tênis Roland Garros e do estádio Parc des Princes.

Repercussão

O presidente francês, Emmanuel Macron, manifestou-se no Twitter. “A França acorda emocionada depois do incêndio na rua Erlanger, em Paris, na madrugada. Meus pensamentos às vítimas. Obrigado aos bombeiros cuja coragem permitiu salvar várias vidas”, publicou.

A prefeita da capital francesa, Anne Hidalgo, classificou o balanço de vítimas como “terrível”. “Paris está de luto nesta manhã”, tuitou.

Em 12 de janeiro, uma explosão provocada por vazamento de gás e um incêndio deixaram quatro mortos e 50 feridos em uma padaria no centro de Paris.

Bombeiros socorrem moradores atingido por incêndio em prédio em Paris, na França, nesta terça-feira (5) — Foto: Benoît Moser / Brigada dos Sapeurs-Pompiers de Paris/ via Reuters
Veículos de emergência ocupam rua onde um prédio residencial pegou fogo em Paris, na França — Foto: Pierre-Alexandre Vezinet / via Reuters

Fonte: G1 Globo

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: