Ir para conteúdo

Incêndio atinge depósito de mercado após vistoria do Corpo de Bombeiros

Local não possuía alvará de funcionamento liberado pelos bombeiros.
Família que mora em um apartamento vizinho precisou deixar a residência.

Fogo inciou por volta das 22h de segunda (21) (Foto: Portal Éder Luiz/Divulgação)Fogo iniciou por volta das 22h de segunda (21) (Foto: Portal Éder Luiz/Divulgação)

O depósito de um supermercado em Joaçaba, no Meio Oeste catarinense, foi atingido por um incêndio na noite de segunda-feira (21). De acordo com os bombeiros, o local não possui o alvará de funcionamento liberado pelo Corpo de Bombeiros Militar e havia passado por uma vistoria poucas horas antes do fogo começar.

As chamas atingiram o depósito, no Centro de Joaçaba, por volta das 22h. O galpão com cerca de 350 m² fica anexo ao mercado. Para combater o incêndio foram acionados bombeiros de Água Doce, Catanduvas e de Joaçaba. “Foram 21 bombeiros. Alguém vai ficar no local até que todo entulho seja retirado e não tenha mais fumaça”, explica o tenente Diego Summer, comandante da operação.

Incêndio atingiu depósito de supermercado  (Foto: Portal Éder Luiz/Divulgação)
Incêndio atingiu depósito de supermercado
(Foto: Portal Éder Luiz/Divulgação)

Segundo ele, essa foi uma das operações mais difíceis já atendidas pela equipe. “Agimos pelo fundo do prédio, por cima e por dentro, que era muito arriscado. Tivemos que quebrar a marretadas a parede para encontrar o foco do incêndio. Não tinha espaço para trabalhar e revezávamos em dois por vez (para quebrar a parede). Foi difícil devido às peculiaridades do incêndio”, explica o comandante.

O apartamento de um prédio vizinho ao supermercado também foi utilizado pelos bombeiros para tentar combater as chamas do alto. A família que mora em um apartamento vizinho ao local precisou deixar a residência por orientação dos bombeiros devido à fumaça.

As estruturas dos edifícios que ficam em torno do supermercado não foram afetadas. A perícia dos bombeiros deve começa ainda nesta terça-feira (22). As causas do incêndio ainda são desconhecidas.

Interdição
O supermercado funcionava sem o alvará dos bombeiros e havia passado por uma vistoria ainda na tarde de segunda-feira (22), mesmo dia do incêndio. “Eles estão em processo de regularização, que envolve o Ministério Público. Por coincidência, a vistoria do Corpo de Bombeiros no depósito foi feita de tarde e foi constatado que não apresentava a segurança adequada”, explica o tenente Diego.

O mercado deve ser interditado nos próximos dias. “O processo de interdição leva uns dois dias. Enquanto não forem atendidas as exigências, continuará interditado. Mas não é nada difícil de atender. Depois ele volta a funcionar, mas isso não quer dizer que ele vai ter a liberação do alvará”, finaliza o tenente.

 

Fonte: G1 Globo

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: