Ir para conteúdo

Estruturas de aço não encarecem o seguro contra incêndio

Cálculo do valor do seguro não considera a estrutura isoladamente, mas um conjunto de fatores com impacto na probabilidade e na extensão de um incêndio.

Para desmistificar a ideia de que estruturas em aço encarecem o seguro incêndio de um edifício, o Centro Brasileiro da Construção em Aço (CBCA) ouviu o engenheiro e especialista em seguros Ricardo Cuoghi, membro da Comissão de Riscos de Engenharia da Federação Nacional de Seguros Gerais (FenSeg).

De acordo com ele, estruturas em aço não encarecem o valor do prêmio do seguro incêndio da edificação. Segundo Cuoghi, os parâmetros de seguro que se referem à estrutura de um edifício estão relacionados ao caráter combustível ou incombustível dessa estrutura. Aço e concreto são materiais incombustíveis, portanto são estruturas normalmente aceitas pelas seguradoras. Atualmente muitas seguradoras globais atuam no Brasil com critérios de aceitação de risco muito similares dentro e fora do país.

LOCALIZAÇÃO, OCUPAÇÃO E CONSTRUÇÃO

“As seguradoras não analisam somente a estrutura isoladamente, mas sim um conjunto de fatores que aumentam ou diminuem a probabilidade e extensão de um incêndio, o que se reflete na aceitação ou não de um determinado edifício bem como no custo do seguro incêndio”, diz Cuoghi. O engenheiro atribui a falsa informação de que o aço encarece o seguro ao fato de estruturas compostas por esse material serem mais utilizadas no setor industrial, que abrigam atividades que apresentam maior risco de incêndio.

O cálculo do valor do seguro incêndio não depende de um aspecto do edifício isoladamente. Conforme a Tarifa de Seguro Incêndio do Brasil (TSIB), três parâmetros são essenciais no cálculo do prêmio: localização, ocupação e construção. Representados pela sigla LOC, esses três fatores compõem a base para o cálculo desse valor.

Uma estrutura de aço, de concreto, ou mista, pode lançar mão de uma série de recursos para aumentar a resistência ao fogo dos edifícios e a segurança de seus usuários A aplicação de pintura intumescente, que retarda a propagação do calor, é uma delas

Localização – É considerado para fins de cálculo de seguro de incêndio, por exemplo, a presença de um Corpo de Bombeiros próximo ao edifício. As cidades são classificadas de acordo com sua localização numa tabela que vai de risco 1 (cidades melhor atendidas por Corpo de Bombeiros) a risco 4 (regiões isoladas).

Ocupação – Consiste na destinação de um edifício, ou seja, o tipo de atividade desenvolvida em seu interior. Isso significa que edifícios que abrigam atividades que envolvam materiais ou equipamentos inflamáveis podem ter o valor de seu seguro incêndio agravado. A carga do incêndio está ligada diretamente à ocupação do edifício.

Construção Esse parâmetro considera a composição da estrutura do edifício. Isto é, se o material é combustível ou incombustível. Considerados como materiais não combustíveis, aço e concreto se enquadram no mesmo patamar de risco, não havendo distinção de valor do seguro em decorrência do uso de um ou de outro.

O risco de início de incêndio, sua intensidade e duração estão associados, ainda, a fatores, como:

– Forma do edifício – considerando a altura e o grau de compartimentação da edificação

– Condições de ventilação do ambiente

– Propriedades térmicas dos materiais que constituem o teto e as paredes

– Sistemas de segurança incêndio (detectores de sprinklers, etc).

Normas técnicas

  • ABNT NBR 14.323:2013 – “Dimensionamento de estruturas de aço e de estruturas mistas de aço-concreto
    em situação de incêndio”
  • ABNT NBR 14.432:2001 –  “Exigências de resistência ao fogo de elementos construtivos de edificações – Procedimento”

Referências técnicas

  • Manual de Construção em Aço – Resistência ao fogo das estruturas de aço, de Mauri Vargas e Valdir Pignatta e Silva.
  • Manual de Construção em Aço – Prevenção contra incêndio no projeto de arquitetura, de Valdir Pignatta e Silva,  Mauri Resende Vargas e Rosária Ono.

(Ambas publicações estão disponíveis para download gratuito na página do CBCA na internet).

Fonte: CBCA

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: