Ir para conteúdo

Incêndio é controlado após atingir lojas no Centro do Rio

Chamas começaram às 5h em loja de roupas infantis na Rua da Alfândega.
Rede de lojas teve outra unidade destruída por incêndio em 2013.

Matheus RodriguesDo G1 do Rio

Bombeiros controlaram incêndio que atingiu quatro lojas da Saara (Foto: Matheus Rodrigues/G1)Bombeiros controlaram incêndio que atingiu quatro lojas da Saara (Foto: Matheus Rodrigues/G1)

O incêndio que atingiu quatro lojas na região da Saara, comércio popular no Centro do Rio, foi controlado por volta das 8h30 desta quinta-feira (7) e os bombeiros já iniciaram o trabalho de rescaldo na região. As chamas começaram por volta das 5h em uma loja de roupas infantis na Rua da Alfândega e uma hora depois já atingiam outros dois imóveis. Às 7h, o fogo chegou em uma loja de festas na Rua Senhor dos Passos.

O Corpo de Bombeiros foi acionado ainda durante a madrugada e quatro quarteis ajudaram no combate às chamas. Durante o trabalho das equipes, a fachada de um dos imóveis desabou, assustando quem estavam na região e quase atingindo um dos bombeiros. Quem passava pelo local no começo da manhã conseguia ouvir paredes desabando no interior dos imóveis atingidos.

Uma das lojas que ficou destruída é a loja Caçula, que teve outra unidade destruída por um incêndio na região da Saara em março de 2013. A loja que pegou fogo há dois anos ficava na Rua Buenos Aires, próximo ao local onde ocorreu o incêndio na manhã desta quinta. A unidade da Rua Buenos Aires permaneceu em obra durante os dois últimos anos, pois precisou ser totalmente demolida.

O gerente de marketing da Caçula, Roberto Santos, lamentou o episódio e afirmou que acompanha o trabalho dos bombeiros para identificar a causa do incêndio. “A gente tem informações ainda muito insuficientes sobre a causa, a gente está acompanhando o trabalho dos bombeiros para ter uma conclusão. A loja tem em torno de mil metros quadrados e vendia produtos diversos. Cerca de 100 funcionários foram realocados em outras unidades. Dizem que o incêndio começou na loja ao lado, mas o mais importante é que não havia nenhum colaborador da caçula lá dentro”, disse.

Santos afirmou ainda que o estabelecimento tinha instalações novas. “Essa loja que foi atingida é nova, toda a infraestrutura do prédio é nova. A parte hidraulica, elétrica, tudo era novo. Nós fazemos uma manutenção frequente, temos feito avaliações. Vamos aguardar o trabalho dos bombeiros agora”, afirmou.

Fogo atinge imóveis no Centro do Rio (Foto: Reprodução / TV Globo)Fogo atinge imóveis no Centro do Rio (Foto: Reprodução / TV Globo)

Funcionário diz que loja atingida passou por vistoria no dia anterior
O balconista Leonardo Otero, de 26 anos, afirmou que é a segunda vez que a loja em que ele trabalha foi atingida por um incêndio. De acordo com ele, o estabelecimento recebeu uma vistoria nesta quarta-feira (6) para prevenir este tipo de acidente.

Funcionário lembra que rede de lojas foi atingida por incêndio há dois anos (Foto: Matheus Rodrigues/G1)
Funcionário lembra que rede de lojas foi atingida
por outro incêndio (Foto: Matheus Rodrigues/G1)

“A estrutura do Saara é muito arcaica, mas a Caçula [loja em que ele trabalha] fazia vistoria direto. Ali funcionava a parte de papelaria e artesanato, que era onde eu trabalhava”, afirmou.

O vendedor disse também que a insegurança é constante para os mais de 100 funcionários do estabelecimento comercial. O que mais preocupa, segundo Leonardo, é que são episódios frequentes. “A gente vem para trabalhar e fica inseguro, não sabe o que pode acontecer. Mesmo com as vistorias, a gente tem medo porque lá tem materiais inflamáveis”, disse o lojista, que já avisou a família para evitar preocupações.

Como as chamas estavam altas no começo da manhã, os bombeiros usavam o telhado de prédios vizinhos para tentar combater o fogo. Uma coluna de fumaça negra se formou no céu e pode ser vista de longe. A fachada de pelo menos duas lojas desabou e os escombros ocupam a rua. Agentes dos quarteis Central, Caju, Vila Isabel e São Cristóvão atuam no combate ao fogo.

Bombeiros combatem o fogo no Centro (Foto: Matheus Rodrigues/G1)Bombeiros combatem o fogo no Centro (Foto: Matheus Rodrigues/G1)

Além da rua da Alfândega, que está totalmente interditada, a Rua Senhor dos Passos está bloqueada entre as ruas Tomé de Souza e Regente Feijó. Equipes da Light estão de prontidão no local para o caso de precisar interromper o fornecimento de energia na região.

Incêndio que atingiu sobrados no Centro do Rio podia ser visto da Ponte (Foto: Matheus Rodrigues/G1)Incêndio que atingiu sobrados no Centro do Rio podia ser visto da Ponte (Foto: Matheus Rodrigues/G1)
Fonte: G1 Globo

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: